IDIOMA

 
 
 

SOCIAL

 
 
 
 
 

Sexta, 04 de maio de 2018, 18h24 | Tamanho do texto: A- A+

Governo autoriza obra do Parque Tecnológico Mato Grosso

As obras vão iniciar até o dia 07 de junho em Várzea Grande

MARIA HELENA MANHÃES
Secitec

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secitec), em parceria com a Prefeitura Municipal de Várzea Grande assina nessa segunda-feira, 07.05, a ordem de serviço de construção do Centro de Inovação do Parque Tecnológico Mato Grosso, em Várzea Grande. A solenidade acontece na sala de reunião do Palácio Júlio Domingos de Campos – Fiote, na Prefeitura Municipal de Várzea Grande, às 9h30.

O projeto inicial do Parque tinha orçamento R$ 14 milhões e durante o primeiro semestre de 2017, após uma reavaliação do plano diretor, o valor foi reduzido para R$ 8 milhões, permitindo que as ações retomassem caminho para o início das obras. Para o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Domingos Sávio, viabilizar o Parque foi mais um dos compromissos que o Governo do Estado assumiu e cumpriu. “O Parque sempre foi um dos assuntos prioritários nas conversas com o governador Pedro Taques. Otimizar investimentos, buscar parceiros e entregar o projeto arquitetônico completo foram conquistas que possibilitaram que as obras iniciem agora, até a primeira semana de junho”, reforça Domingos Sávio.

O Parque - um ambiente voltado à criação, desenvolvimento, disponibilização de soluções tecnológicas e atração de empresas inovadoras ao mercado, vai ser instalado na região do “Chapéu do Sol” na cidade de Várzea Grande-MT, prevê ainda a implantação de um centro de inovação, incubadoras, aceleradoras, centro de pesquisa, edifícios corporativos, estacionamento, parques, restaurantes, e prestadoras de serviço. “Ao todo serão 80 hectares, sendo 16 deles voltados para instituições públicas, empresas âncoras e startups, e mais 64 hectares voltados à instalação de empresas e organizações, privadas que estejam alinhadas com os eixos estratégicos do Parque”, explica o secretário.

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, lembrou que o Parque Tecnológico Mato Grosso será o novo polo do empreendedorismo e de novas oportunidades, além de permitir que o agronegócio que hoje potencializa a economia do Brasil esteja também em Várzea Grande através da formação profissional de milhares de pessoas. “Várzea Grande está dando um grande salto para consolidar um novo momento, que em parte irá resgatar o título de Cidade Industrial, se tornando geradora de emprego e renda”, afirma a Lucimar Sacre de Campos.

A expectativa é de que o Parque movimente mais de 1,3 mil empregos diretos e indiretos nos três módulos de funcionamento: Parque Tecnológico (espaço para o desenvolvimento de inovação pelas empresas), Parque de serviços (focado na promoção de serviços para empresas, industrias e comunidades) e Parque científico (espaço para formação e qualificação de pessoas, núcleos de universidade, laboratórios e centros de P&D). Estão em processo de instalação também na região, a anexa da Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso – IFMT e do campus da Universidade de Mato Grosso -UNEMAT.

Por contrato, a empresa tem 30 dias para começar as obras de execução do projeto do Centro de Inovação. O prazo de conclusão é de 360 dias, ou seja, 12 meses no total. O prédio deve ficar pronto em junho de 2019 e o orçamento é de R$ 8.746.855,12, com recursos do Fundo de Amparo à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat).

Previsão do Tempo

Preencha o formulário abaixo para receber nossos boletins: