Pular para o conteúdo
Voltar

Estado autoriza edital de R$ 4,9 milhões para formação de profissionais de alta performance

Com 270 vagas para o curso de Programador de Sistemas, as inscrições serão abertas na segunda-feira (31)
Naiara Martins | Seciteci/MT

Governador Mauro Mendes assina edital para oferta de 270 vagas para o curso de Programador de Sistema - Foto por: MAYKE TOSCANO - SECOM/MT
Governador Mauro Mendes assina edital para oferta de 270 vagas para o curso de Programador de Sistema
A | A

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, e o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITECI), Maurício Munhoz, assinaram, nesta quarta-feira (26), o edital que contempla o valor inicial de R$ 4,9 de milhões destinados ao curso de Programador de Sistemas, com carga horária de 360 horas e duração de seis meses.

“A partir de 31 de outubro, a comunidade poderá acessar o site da Seciteci e realizar sua inscrição. É importante dizer que são cursos gratuitos, em que os 50 melhores alunos sairão com vagas de estágio remunerado. Hoje, consolidamos mais uma entre as várias estratégias propostas pessoalmente pelo governador para a qualificação do mercado de trabalho”, frisou o secretário Maurício Munhoz.

O curso dará início às atividades do Programa de Formação de Profissionais de Alta Performance, desenvolvido pela Seciteci para formação especializada de alto nível, com foco nas chamadas ‘profissões do futuro’.

“A ideia do Governo do Estado é suprir uma demanda represada por profissionais com qualificação específica, em áreas de tecnologia, como programador de sistemas. Ao final de seis meses, teremos programadores formados em nível júnior, para atuar em soluções tecnológicas dentro do próprio estado”, explicou o professor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e coordenador do Núcleo de Redes Inteligentes e Soluções Criativas (RISC), Robson Gomes de Melo, responsável pela elaboração do projeto.  

“Inclusive, os 50 melhores alunos serão contratados em regime remunerado por 12 meses. Serão profissionais especializados em linguagens como Java, Genexus, Nodejs e React, além do domínio sobre problemas de alta complexidade", completou o professor.

Entre os 270 novos profissionais, 50 serão selecionados para atuar como bolsistas na Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). Com remuneração de R$ 6 mil, a proposta é que os profissionais atuem no atendimento de demandas por soluções tecnológicas, nas secretarias e órgãos do estado. A bolsa terá duração de 12 meses.

As inscrições serão abertas na segunda-feira, 31 de outubro, às 8h, com prazo final às 17h59 do dia 17 de novembro. O candidato precisa ter, no mínimo, 16 anos e estar cursando ou ter concluído o Ensino Médio.