Pular para o conteúdo
Voltar

Secretário propõe parceria com a Embaixada de Israel para reforçar ações tecnológicas em MT

Além de ampliar o alcance das ações, a meta é assegurar que o Parque se torne um ambiente ainda mais atrativo à novos investidores
Naiara Martins | Secitec - MT

A formatação de novos arranjos também foi tratada com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes. - Foto por: SECITECI/MT
A formatação de novos arranjos também foi tratada com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes.
A | A

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECITECI), Nilton Borgato, concluiu nesta quarta-feira, (06.10), em Brasília, uma série de encontros ligados à busca de fomento e parceria para o incremento de ações desenvolvidas em Mato Grosso. As agendas contaram com a participação da superintendente de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação (SECITECI), Lectícia Figueiredo e do coordenador do Parque Tecnológico Mato Grosso, Dr. Rogério Nunes.

O primeiro encontro foi realizado com o representante da Embaixada de Israel no Brasil, Ari Fischer, que esteve acompanhado dos empresários Leonardo Cunha e Narciso Fernandes da Empresa Relata Soft. Na agenda, Borgato enfatizou a busca do Estado para a efetivação de parcerias capazes de ampliar os resultados propostos pelo Parque Tecnológico Mato Grosso. Além de ampliar o alcance das ações, a meta é assegurar que o Parque se torne um ambiente ainda mais atrativo à novos investidores.

O Parque Tecnológico é um empreendimento criado e gerido pela SECITECI com o objetivo de promover pesquisa e inovação na área tecnológica, estimulando a cooperação entre instituições de pesquisa, universidades e empresas.

A formatação de novos arranjos também foi tratada com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Marcos Pontes, que recebeu com entusiasmo a possibilidade de parceria para a abertura de novos ambientes inovadores, a exemplo das atividades desenvolvidas pelo Centro de Inovação de Redes Inteligentes e Soluções Criativas (RISC), da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

Uma próxima agenda será realizada entre representantes da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) e membros do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) para análise técnica das parcerias.

 





Editorias