Pular para o conteúdo
Voltar

Escolas Técnicas de Diamantino e Poxoréo recebem ônibus escolares

A entrega dos veículos põe fim as dificuldades enfrentadas para permanência dos alunos, que precisavam se deslocar por longos trechos até a escola.
NAIARA MARTINS | SECITECI/MT

Escolas Teécnicas de Diamantino e Poxoréo recebem ônibus escolares. - Foto por: SECITECI/MT
Escolas Teécnicas de Diamantino e Poxoréo recebem ônibus escolares.
A | A

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação – SECITECI, Maurício Munhoz realizou nesta quarta-feira, 29.06, a entrega de dois ônibus escolares às Escolas Técnicas Estaduais (ETEs) de Diamantino e Poxoréo. A entrega foi realizada durante a inauguração do Centro de Recondicionamento de Computadores Recytec, na Escola Técnica Estadual (ETE) de Cuiabá.

A solenidade contou com a presença da diretora Eva Luzia de Melo (ETE de Diamantino) e do diretor Alexandre Umbelino Pereira (ETE de Poxoréo), do prefeito de Poxoréo, Antônio Paim, servidores da Seciteci, alunos e entre outros convidados.  

A entrega dos veículos põe fim as dificuldades enfrentadas para permanência dos alunos, que precisavam se deslocar por longos trechos até a escola. Além de atuar no combate a evasão e na segurança dos estudantes, os ônibus terão também a finalidade de fortalecer as atividades práticas das escolas.

Para o aluno Júlio Miguel da Silva, 19 anos, natural do município de Marianópolis/TO, a chegada do ônibus dará um novo fôlego nas despesas para manter os estudos em Poxoréo. Júlio é aluno do curso Técnico em Agropecuária, e saiu do Tocantins para estudar em Mato Grosso, após o convite de um amigo, ex-aluno da escola, que se formou em Poxoréo, e retornou para Tocantins no intuito de gerenciar uma fazenda. Diante das poucas oportunidades no estado de origem, o amigo decidiu retornar para Mato Grosso em busca de novas oportunidades, quando decidiu chamar Júlio para vir com ele.

“Quando me mudei para Mato Grosso, cheguei em Poxoréo pagando R$ 500 de aluguel, além das despesas para alimentação, e mais R$ 160 com passagem de ônibus. Hoje com o transporte, vou investir o dinheiro para melhorar minha alimentação, comprar roupa e material de estudo. Cento e sessenta reais pode parecer pouco para muitas pessoas, mas eu estava passando dificuldades. Com certeza, eu teria que desistir do curso por falta de condições. Um ônibus parece pouca coisa para quem tem muito, mas para quem tem pouco, um ônibus escolar pode definir a vida de uma pessoa”, acrescentou Júlio.

Entre as 10 escolas técnicas em atividade no Estado, a ETE de Poxoréo é a única com perfil agrícola, e se tornou referência graças a dedicação abnegada de sua fundadora, a Dra. Edvige Dassi.

MAIS INVESTIMENTOS – Em maio, o secretário Maurício Munhoz, em visita técnica à unidade, anunciou uma série de ações para a estruturação da unidade em Poxoréo. A escola possui uma área de 280 hectares, e está localizada a 5km da sede do município. Um projeto para pavimentação do trecho já está sendo discutido com o vice-governador Otaviano Pivetta.

Uma bolsa no valor de R$ 100 mil, será destinada para o desenvolvimento de projetos ligados a diminuição das desigualdades regionais. Outro projeto inovador, é a participação de professores e alunos em viagens técnicas de intercâmbio realizadas pela pasta. O próximo intercâmbio será para a Universidade de Viçosa (MG), onde um professor e dois alunos de Poxoréo já possuem vaga garantida.

A escola também receberá nos próximos dias, a entrega de 20 novos computadores modelo Desktop HP 400 G6 com monitor borda infinita de 23.8 polegadas, além de aparelhos de ar condicionado para a montagem do novo laboratório de informática. Também foi autorizado o início do Curso de Panificação, e a ativação do Laboratório de Análise de Sementes.