Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci apoia criação de ambiente de inovação em Tangará da Serra

Tangará da Serra é um polo na região médio-norte de Mato Grosso em diversas áreas como saúde, comércio, indústria e educação, e tem potencial para se tornar referência em inovação e empreendedorismo tecnológico
Camila Paulino | Seciteci

- Foto por: Assessoria Seciteci
A | A

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, participou de reuniões e workshop para apresentações dos principais mecanismos de inovação, com o propósito de apoiar a construção do projeto do Centro de Inovação no município de Tangará da Serra (240 km de Cuiabá).

Borgato ressalta que Tangará da Serra é um polo na região médio-norte de Mato Grosso em diversas áreas como saúde, comércio, indústria e educação, e tem potencial para se tornar referência em inovação e empreendedorismo tecnológico. 

“O Estado se coloca à disposição do município para ouvir as demandas do ecossistema de inovação desta região. Tangará sai à frente ao promover este debate para articular a implantação de um Centro de Inovação”, ressaltou.

O secretário de Indústria, Comércio e Serviços de Tangará da Serra, Sílvio Sommavilla, comenta que o empreendedorismo é uma das bandeiras da gestão do prefeito Vander Masson e que a ideia do Centro de Inovação é concentrar, no mesmo ambiente, instituições de ensino, incubadoras de ideias e negócios, ecossistemas, empreendedores, entidades públicas e privadas, instituições científicas e tecnológicas, além de apoiadores de atividades inovadoras.

“À medida que as instituições públicas e o setor produtivo compartilharem o mesmo objetivo, estas poderão gerar benefícios econômicos em comum, gerando crescimento e desenvolvimento urbano, econômico e social. Um Centro de Inovação poderá estimular novos negócios, movimentar a economia e incentivar a vocação empreendedora com soluções que contribuam para avanços em diversas áreas”, disse.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, foram apresentados os principais mecanismos de inovação com a sensibilização dos principais atores locais para o projeto de inovação do município.

“Conhecemos algumas iniciativas de inovação locais e, a partir disso, vamos elaborar um relatório que vai subsidiar a construção do projeto de inovação de Tangará. O nosso foco é fortalecer o ecossistema de inovação local”, falou.

O secretário também realizou uma visita técnica na Escola Técnica Estadual (ETE), onde conversou com professores e alunos da unidade.





Editorias