Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci inova sistema de avaliação de cursos superiores e faz processos virtuais

Algumas ações precisaram ser repensadas e adaptadas à nova realidade, substituindo as visitas in loco por verificações virtuais, com a utilização dos recursos tecnológicos disponíveis, e assim garantindo a manutenção dos trabalhos de forma efetiva
Camila Paulino | Seciteci

Divulgação
A | A

A equipe da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realiza verificações virtuais para avaliar o funcionamento dos cursos de graduação ofertados pelas instituições de ensino superior que pertencem ao Sistema Estadual de Ensino (SES), a exemplo da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat).

A Coordenação de Regulação e Supervisão da Educação Superior da Seciteci viabilizou uma forma de dar prosseguimento aos processos enviados à Superintendência de Educação Profissional e Superior, para fins de credenciamento e recredenciamento, assim como o reconhecimento e renovação de reconhecimento dos cursos de educação superior ofertados pelo SES.

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano do Carmo, explica que devido a pandemia, algumas ações precisaram ser repensadas e adaptadas à nova realidade, substituindo as visitas in loco por verificações virtuais, com a utilização dos recursos tecnológicos disponíveis, e assim garantindo a manutenção dos trabalhos de forma efetiva.

“Unimos esforços para que as nossas ações não fossem paralisadas e a Seciteci de fato segue atuando fortemente no que tange o ensino profissional e superior, garantindo a qualidade dos cursos ofertados. Em outubro do ano passado, conforme a portaria de nº 109, conseguimos a flexibilização para que os procedimentos de verificação das condições de oferta dos cursos, que até então eram feitos presencialmente, pudessem ser realizados de forma remota, enquanto durar a pandemia do Coronavírus” falou.

Segundo Fatima Araujo Barbosa Possamai, que é coordenadora de Regulação e Supervisão da Educação Superior da Seciteci, o trabalho da equipe técnica está voltado a contribuir com a melhoria da qualidade de ensino no sistema estadual de educação. Portanto, as avaliações são fundamentais para a regulamentação dos cursos.

“Nosso trabalho está focado em dar continuidade às ações, mesmo em meio a pandemia, pois as aulas continuam de forma remota e precisam ser realizadas com excelência. Além disso, os alunos que concluem os cursos precisam dos diplomas, que são entregues somente após o reconhecimento dos cursos. Por isso, as atividades não podem ser interrompidas” disse.

As atividades de regulação abrangem: elaboração de análise técnica de cada processo; constituição de Comissão Verificadora e sua respectiva publicação em Diário Oficial; reunião com os avaliadores para planejamento da visita in loco; elaboração da agenda de trabalho; recolher documentação dos avaliadores e enviar para a IES para efetuar pagamento de pró-labore; visita in loco, na qual são realizadas reuniões com todos os segmentos acadêmicos: discentes, docentes, técnicos administrativos, gestores, e comissões de avaliação da IES; emissão de Relatório técnico baseado no instrumento de avaliação; e envio do processo com o relatório ao Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso, que procederá com as deliberações finais do processo.

Entre os meses de março e abril, uma série de avaliações foram realizadas para averiguar a condução dos trabalhos, entre elas dos cursos de Tecnólogo em Teatro, de Licenciatura em Letras, de Bacharelado em Ciências da Computação e Licenciatura em Ciências Biológicas, ofertados pela Unemat. Outras instituições também serão avaliadas virtualmente, seguindo o cronograma da equipe.