Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci define estratégias para implantação de ensino militar em Escolas Técnicas do Estado

A escola técnica de Primavera do Leste será um modelo pioneiro no estado, com a oferta de qualificação profissional, coordenada pela Seciteci, junto com uma escola estadual militar, ambas atuando no mesmo espaço
Camila Paulino | Seciteci

- Foto por: Camila Paulino
A | A

Em reunião com a equipe da Diretoria de Ensino da Polícia Militar de Mato Grosso (PM-MT), o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, alinhou estratégias e ações para a implantação de uma unidade escolar militar, junto com as Escolas Técnicas Estaduais (ETE’s).

O secretário esclarece que o objetivo principal da reunião é alinhar a parceria entre a Seciteci com as Secretarias de Estado de Educação (Seduc) e de Segurança Pública (Sesp), por meio da PM, para desenvolver projetos voltados ao ensino, a começar pela ETE que está sendo construída em Primavera do Leste.

“A escola técnica de Primavera do Leste será um modelo pioneiro no estado, com a oferta de qualificação profissional, coordenada pela Seciteci, junto com uma escola estadual militar, ambas atuando no mesmo espaço, que é amplo e comporta tranquilamente estas duas atividades. Portanto, será uma excelente unidade de ensino, com educação de qualidade, como o nosso governador, Mauro Mendes, garantiu. Será a maior escola militar do Estado”, ressaltou o gestor da Seciteci.

O diretor de ensino da PM, coronel Neto, explica que estes encontros são importantes para ampliar o ensino militar no Estado, que já se consagrou como excelente estratégia educacional no país.

“Esta parceria entre as três secretarias vai fomentar os projetos que a PM tem voltados não somente para as escolas estaduais, mas também para instituições de ensino superior. Além disso, tratamos outras pautas importantes, como o credenciamento e ainda a proposta de termos uma vaga no Conselho de Educação para que possamos ter mais espaço dentro das discussões sobre o ensino no Estado”, disse.

Na reunião estavam presentes o tenente-coronel Dorileo, que é adjunto da Diretoria de Ensino da PM e a tenente-coronel Leonel, que coordena o Centro de Pesquisas da PM.





Editorias