Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci recebe certificado de reconhecimento pelos serviços sociais prestados à juventude de Mato Grosso

A secretaria recebeu o reconhecimento, pelo presidente do Conjuv, Daniel Vitor Pereira de Abreu, durante reunião virtual
Camila Paulino | Seciteci

superintendente da Seciteci, Aryeh Hessel Craveiro, com o presidente do Conjuv, Daniel Vitor Pereira de Abreu - Foto por: Camila Paulino
superintendente da Seciteci, Aryeh Hessel Craveiro, com o presidente do Conjuv, Daniel Vitor Pereira de Abreu
A | A

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) recebeu do Conselho da Juventude de Mato Grosso (Conjuv-MT), um selo de reconhecimento pelos trabalhos sociais voltados à juventude mato-grossense, através de cursos de qualificação profissional.

A secretaria recebeu o reconhecimento, pelo presidente do Conjuv, Daniel Vitor Pereira de Abreu, durante reunião virtual realizada nesta quarta-feira (10).

“A aprovação desta pauta é importante porque reconhece todo o trabalho realizado pela secretaria, e ainda atribui credibilidade ao nosso trabalho, que é sério e competente”, disse o secretário da Seciteci, Nilton Borgato. 

O superintendente de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Aryeh Hessel Craveiro, ressalta que a intenção dos esforços da secretaria é de viabilizar qualificação profissional para reduzir os índices de desigualdades sociais e melhorar a renda da população mato-grossense.

“Este reconhecimento do Conjuv veio em um momento oportuno, afinal estamos vivendo um novo tempo, pois por meio da atuação do nosso governador Mauro Mendes e do secretário Nilton Borgato, estamos pensando na educação profissional como uma resposta aos efeitos pós-pandemia, para que aqueles capacitados, possam ter mais oportunidades no mercado de trabalho”, falou.

Segundo o presidente do Conjuv, este processo foi analisado com prioridade dentro do conselho. 

“Esta parceria entre a Seciteci e a juventude de Mato Grosso é fundamental para o desenvolvimento do nosso estado, portanto priorizamos este pedido de reconhecimento, até porque a implementação de políticas públicas voltadas aos jovens é essencial para a redução da desigualdade social”, comentou.