Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci analisa abertura de mais turmas de curso de Condutor de Turismo; 1º é realizado em Barra do Garças

Este é o primeiro curso voltado ao turismo em formato EAD que a Seciteci oferta e foram disponibilizadas 90 vagas para Barra do Garças
Camila Paulino | Seciteci-MT

- Foto por: Divulgação
A | A

Com as aulas iniciadas há cerca de uma semana, a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Seciteci) já tem recebido pedidos para promover outras turmas do curso de Condutor de Turismo, realizado na modalidade ensino a distância (EAD) pela Escola Técnica Estadual (ETE) de Barra do Garças (localizado a 515 km de Cuiabá).

O secretário de Ciência e Tecnologia, Nilton Borgato, ressalta que este é o primeiro curso voltado ao turismo em formato EAD que a Seciteci oferta. Ele reforça que o curso é realizado com recursos próprios do Estado, para ampliar a capacitação no setor de turismo em Mato Grosso.

“A ideia é ofertar este curso em regiões que possuam atrativos turísticos e com potencial neste setor, para que as pessoas sejam capacitadas e tenham oportunidade no mercado de trabalho local”, afirma.

Para esta turma de Barra do Garças, por exemplo, foram ofertadas 90 vagas para a população da região, e a secretaria recebeu cerca de 200 inscritos. Segundo a professora da Seciteci, Bruna Ferreira Figueiredo, este curso realmente vai de encontro aos anseios da sociedade e dos alunos.

“Os alunos estão gostando demais, e este curso veio para suprir nossa necessidade de validar a profissionalização do turismo, para fomentar o setor e capacitar pessoas para atuar junto ao turista, além de conscientizar as pessoas sobre a necessidade de cuidado e conservação do meio ambiente”, diz.

De acordo com a coordenadora de Educação Profissional e Tecnológica da Seciteci, Ana Flavia Derze Soares, alguns gestores municipais solicitaram que a secretaria promova mais turmas para este curso, de forma que mais pessoas sejam capacitadas para atuar neste setor.

“Devido à grande procura para ofertarmos mais turmas deste curso, a coordenação está em contato com a Secretaria Adjunta de Turismo [da Sedec] para viabilizar o curso para outras regiões. A intenção é abrir novas vagas em outros municípios que tenham regulamentação para a atuação deste profissional”, disse.

O secretário adjunto de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano do Carmo, ressalta que neste momento de isolamento social devido à pandemia da Covid-19, os cursos a distância se tornaram ainda mais necessários para a qualificação profissional.

“Vivemos um momento de crise, causada pela pandemia, e por isso, a sociedade teve que se adequar aos novos formatos de convivência social e também de estudos, que é uma excelente maneira de ocupar o tempo de forma produtiva, e o EAD se tornou fundamental neste processo”, ressaltou.

Como requisitos para ingressar no curso, o candidato deve ter no mínimo 18 anos, concluído o 6º ano do ensino fundamental e ter acesso a computador com Windows 7 ou Windows 10 instalado, com no mínimo 2 GB de memória RAM e acesso à internet.

O curso abrange componentes curriculares de itinerário formativo como curso Técnico em Guia de Turismo Regional, mas a atuação deste profissional é focada em atuação local, ou seja, limita-se ao município em estudo.





Editorias