Pular para o conteúdo
Voltar

Seciteci atende 100% das recomendações exigidas pela CGE em 2019

As providências adotadas são relativas às mais diversas áreas administrativas, como pessoal, contratações, financeiro, contabilidade, patrimônio etc
Camila Paulino | Seciteci

O secretário Nilton Borgato, atribuiu o resultado expressivo na resolução dos apontamentos ao esforço da equipe - Foto por: Secom
O secretário Nilton Borgato, atribuiu o resultado expressivo na resolução dos apontamentos ao esforço da equipe
A | A

Todos os planos de providências e controle interno que foram elaborados pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) com o intuito de cumprir as recomendações feitas pela Controladoria Geral do Estado (CGE), em trabalhos de auditoria foram cumpridos em sua integralidade em 2019. As informações constam no relatório de monitoramento nº 18/2019 divulgado pela CGE esta semana.

Em 2018, a secretaria não cumpriu nenhuma das recomendações de auditoria feitas pelo órgão de controle interno do Estado enquanto que no ano passado, todas as sete indicações expedidas foram devidamente atendidas.

Segundo o relatório, os Planos de Providências do Controle Interno (PPCI’s) demonstraram as ações propostas pela auditoria visando atender os apontamentos dos trabalhos de auditor. As providências adotadas são relativas às mais diversas áreas administrativas, como pessoal, contratações, financeiro, contabilidade, patrimônio etc.

O secretário Nilton Borgato, atribuiu o resultado expressivo na resolução dos apontamentos ao esforço da equipe, comprometimento, adesão, empenho e engajamento dos servidores.

“Nossa gestão está focada em reduzir custos, trabalhar com orçamento enxuto e garantir ainda mais resultados. Este relatório confirma que a nossa equipe está engajada em aperfeiçoar o sistema de gestão com mais eficiência nos trabalhos, o que resulta neste resultado positivo” disse.

A superintendente de Administração Sistêmica da Seciteci, Marilza Aparecida Pelegrini, explica que para sanar os apontamentos, foi necessário redobrar os cuidados e esforços devido a complexidade das recomendações.

“Eu agradeço a toda a administração sistêmica que em 2019, com a equipe de controle e assessoramento, conseguiu junto com o secretário Borgato sanar todos os planos de providencias que estavam pendentes”, falou.

Além da Seciteci, atingiram 100% a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), o Instituto de Terras (Intermat), além do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que atendeu 95,14% das recomendações da Controladoria. A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) atingiu quase 60%.

O secretário-controlador geral do Estado, Emerson Hideki Hayashida, elogiou a atuação da Secretaria. "A disposição do gestor em aderir às recomendações do órgão de controle interno (CGE-MT), por meio da elaboração e implementação efetiva dos planos de providências, demonstra seriedade e responsabilidade na gestão dos recursos públicos e na prestação dos serviços à sociedade" pontuou.





Editorias