Pular para o conteúdo
Voltar

Biodiversidade e nanociência marcam a segunda noite do evento internacional de popularização da ciência

A banda de rock The Xomanos animou o encontro virtual, além disso, foram sorteadas canecas personalizadas quem fez o check-in no evento e brindes foram entregues para quem respondesse mais rápido e correto as perguntas dos palestrantes
Camila Paulino | Seciteci

O professor Teldo Anderson falou sobre Nanociência e o professor Thadeu Sobral abordou a Biodiversidade - Foto por: Camila Paulino - Seciteci
O professor Teldo Anderson falou sobre Nanociência e o professor Thadeu Sobral abordou a Biodiversidade
A | A

Dando sequencia a série de encontros virtuais para debater sobre pesquisas e universo científico, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizou nesta quarta-feira (09), a segunda noite do Pint of Science, maior festival internacional de divulgação científica, em um ambiente descontraído, na cervejaria Louvada, em Cuiabá. O bate-papo realizado de forma remota, contou com duas apresentações sobre Nanociência e Biodiversidade. 

Por conta da pandemia, neste ano o evento que é gratuito, está sendo realizado em formato online. O encerramento será nesta quinta-feira, 10 de setembro, a partir das 17h30 (horário de Mato Grosso) e será transmitido ao vivo, pelo Youtube e Facebook da Seciteci.

Durante a segunda noite do festival, o professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Teldo Anderson da Silva Pereira, conduziu a primeira live. Ele apresentou seu projeto de pesquisa sobre “A ciência do nano e suas tecnologias” e ressaltou a importância deste evento para trazer à sociedade o papel e relevância da ciência. 

“O propósito principal do evento está sendo alcançado, que é difundir o conhecimento científico, produzido em universidades e centros de pesquisas, por meio de uma linguagem acessível ao público, em ambiente descontraído e acessível a todos”, disse.

O segundo palestrante da noite, o professor da UFMT, Thadeu Sobral, abordou as curiosidades e pesquisas sobre a amplitude do meio ambiente e impactos sofridos pelas ações humanas. Durante a palestra com o tema "O que (des)conhecemos sobre a biodiversidade" ele reforçou que o cientista tem o papel fundamental de levar conhecimento à sociedade . 

“Cabe a nós cientistas sair um pouco dos laboratórios, centros de estudos e pesquisas para atingir a população de uma maneira geral, então acho que este evento ‘rasgou as cortinas’ que nos separavam da sociedade e por ser virtual conseguimos ir mais longe ainda”, falou.

A banda de rock cuiabana The Xomanos animou o encontro virtual, além disso, foram sorteadas canecas personalizadas para quem fez o check-in no evento virtual. E brindes foram entregues para quem respondeu mais rápido e corretamente as perguntas dos palestrantes. 

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lecticia Figueiredo, a meta de público e interação social foi atingida. 

“Na segunda noite tivemos ainda mais participação e audiência durante as lives. Esta interação com o público e as dinâmicas realizadas durante os encontros virtuais, tornam os bate-papos ainda mais descontraídos, acho que esta é uma excelente forma de popularizar a ciência, afinal as pessoas querem saber mais sobre as pesquisas e os pesquisadores querem falar para a população”, afirmou. 

Para participar, os interessados  devem preencher o formulário disponível no Sympla AQUI. Os 150 primeiros inscritos ganharão uma caneca de brinde e poderão retirar na Cervejaria Louvada, localizada na Avenida das Torres, nº 4511, bairro Jardim Imperial, em Cuiabá.  Durante as lives serão sorteados alguns brindes para os participantes.

O evento que surgiu em 2012, no Reino Unido e chegou ao Brasil em 2015, no estado de São Paulo. Neste ano é realizado simultaneamente em 10 países, integrando cientistas e a comunidade em geral, que se reúnem para expor estudos e discutir resultados de pesquisas de maneira informal em ambientes descontraídos, como bares, restaurantes e Pubs, proporcionando um canal direto de conversa entre os pesquisadores e a sociedade.

A proposta é divulgar conhecimento científico para o público em geral em mais de 100 cidades do mundo. Os principais países envolvidos são: Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. No Brasil, pelo menos outras 73 cidades brasileiras vão realizar o evento.

Em Cuiabá é realizado pela segunda vez, com a parceria entre a Seciteci, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Cervejaria Louvada e a agência de publicidade Cria Estúdio.

Pint of Milk

Este ano, para atrair participação de crianças e adolescentes, o evento teve uma programação especial, o Pint of Milk, visando estimular curiosidades e futuros estudos na área científica. 

Nesta quarta-feira (09) durante a estreia do evento virtual a professora da Seciteci, Juliana Graziela, realizou experimentos e entregou brindes para a garotada que respondeu corretamente as perguntas durante a live. 

Com a oficina virtual: "Surpresas Científicas: Não é mágica, é ciência", a professora explorou o universo curioso das ações e reações químicas. Nesta quinta-feira (10), a partir das 15h (horário de Mato Grosso), o encontro virtual será comandado pelo professor da UFMT, Marcelo Marchiori que promete trazer muitas curiosidades e surpresas sobre o céu mato-grossense e suas diversidades. 

Também haverá dinâmica de perguntas e respostas com entrega de brindes para quem for mais rápido e certeiro nas respostas. A transmissão será da sede da Seciteci, por meio do canal do Youtube e Facebook da secretaria. 

Programação Pint Of Science

10 de setembro  

17h30 (horário de Cuiabá) | Pint of Science | Talk "Epidemias em tempos de Mudanças Climáticas" - Eliane Ignotti (UNEMAT)

18h15 (horário de Cuiabá) | Pint of Science |Talk "Matemática e Ciência no estudo e controle de epidemias" - Moises Cecconello (UFMT)

- Participação especial da cantora Angela Custódio e da banda The Xomanos
 
Programação Pint Of Milk

10 de setembro

- 15h00 (horário de Cuiabá) | Pint of Milk | Talk "O céu de Mato Grosso: Uma janela para a Ciência e para o Cosmos" -  Marcelo Marchiori  (UFMT)

Um convite para fomentar curiosidade de jovens, crianças a olharem o céu de Mato Grosso como uma futura oportunidade para a ciência.





Editorias