Pular para o conteúdo
Voltar

Em live, secretário revela experimentos ao explorar ônibus do MT Ciências

Os internautas tiveram a oportunidade de conhecer diversos experimentos, entre eles, o gerador Van de Graaff, o tubo de kundt e o jogo de plasma, além dos painéis oculares com figuras da fauna e flora, a representação do rio Cristalino e a bicicleta geradora de energia
Assessoria | Seciteci

Live na carreta MTCiências, mostra o projeto aos internautas - Foto por: Assessoria Seciteci
Live na carreta MTCiências, mostra o projeto aos internautas
A | A

Você conhece um gerador Van de Graaff? Já teve a oportunidade de ver um tubo de kundt ou um jogo de plasma? Todas essas experiências científicas e tecnológicas fazem parte do projeto Circuito Itinerante MT Ciências, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), e foram apresentadas em uma live no final da tarde desta terça-feira (23).

O secretário da Seciteci, Nilton Borgato, e a superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação, Lectícia Figueiredo, passearam pela unidade móvel mostrando os espaços e participando de experiências com a equipe que atua no MT Ciências.

Os internautas tiveram a oportunidade de conhecer diversos experimentos, entre eles, os painéis oculares com figuras da fauna e flora, a representação do rio Cristalino, os biomas mato-grossenses, a bicicleta geradora de energia (que transforma energia cinética em energia elétrica), o painel de pinos e o túnel de espelho infinito.  

“O MT Ciências tem tantas experiências interessantes para nós, adultos, imagina a curiosidade que provoca em crianças e adolescentes. É uma grande diversão aliada ao conhecimento, que contribui para despertar para a importância dessas descobertas da humanidade e popularizar a ciência no nosso Estado”, afirmou o secretário. 

De acordo com ele, a Secretaria adotará um novo formato para a visitação na carreta devido ao período de pandemia do novo coronavírus. “Temos que nos adequar à nova realidade, ou seja, utilizaremos todas as medidas preventivas para as visitações, que também terá um número limitado de pessoas para circular na unidade móvel”, informou o gestor.

A estrutura do projeto MT Ciências é composta por uma carreta com baú adaptado, dividida em quatro salas de visitação, com 22 instalações e um escritório. Na parte externa existem, ainda, duas tendas infláveis com 10 instalações e um planetário digital. Ao todo, são 32 instalações que tratam de temas do conhecimento multidisciplinar e sensibilizam os visitantes para a importância da ciência e da biodiversidade do Estado. 

A live contou com a participação da coordenadora de Ciência e Tecnologia, Marilene Passos, da assistente de coordenação, Camila Oliveira, e do engenheiro de Computação, Mamedes Castro, que foram os responsáveis em explicar toda a dinâmica das atividades. “Nossa equipe desenvolve um trabalho incrível, são bastante capacitados tecnicamente e garantem o repasse de informações aos visitantes de forma educativa e divertida”, garantiu.

A superintendente também antecipou que, na próxima semana, a Seciteci apresentará três opções para a escolha oficial do mascote do projeto ‘MT Ciências’. A votação será aberta ao público por meio do site www.mtciencias.com.br .

 

 

 





Editorias