Pular para o conteúdo
Voltar

Semana da Ciência e Tecnologia incentiva jovens e populariza tema

Evento ocorre entre 22 a 25 de outubro, no Centro de Eventos Senai Cuiabá. A entrada é gratuita.
Soraya Medeiros | Seciteci

Abertura da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - Foto por: Christiano Antonucci/Secom-MT
Abertura da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia
A | A

Começou nesta terça-feira (22.10) a 16ª Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação. Com o tema “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”, o evento terá palestras e estandes abordando o tema, além da participação da carreta do MT Ciências, até a próxima sexta-feira (25.10) no Centro de Eventos Senai, em Cuiabá. A entrada é gratuita.

Ao mesmo tempo, o Centro de Eventos recebe a 11ª Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (MECTI), que neste ano reúne 40 projetos de alunos da rede estadual de ensino.

A abertura contou com a presença de autoridades, servidores e estudantes. A Agência Q9 promoveu a palestra show “Protagonismo e Inteligência Emocional com foco na inovação”. Houve ainda apresentação da Orquestra do Sesi e o musical do Agri-Cultural. O evento é gratuito e segue até sexta-feira (25.10).

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato, afirmou que o objetivo do evento é popularizar a ciência e motivar jovens e crianças à prática científica. Ele também destacou a importância do evento para promover a integração entre academia, poder público e iniciativa privada na discussão científica, além de agradecer a todos os apoiadores da Semana.

“O evento é um marco nessa nova fase do Estado. A aplicação do conhecimento é fundamental para o desenvolvimento social e nós valorizaremos todas as iniciativas que venham ao encontro desse objetivo maior do governo do Estado, que é o de promover o bem comum para a nossa gente”, afirmou. “A nossa proposta é possibilitar a troca de informações entre os pesquisadores e o público”, completou.

A Bieoconomia, tema do evento deste ano, compreende desde a segurança alimentar até a garantia de acesso à energia e saúde. Ela está na base de metade dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, traçados pela Organização das Nações Unidas (ONU) na agenda 2030.

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (Fiemt), Rafael José Mason, agradeceu a presença de todos e oportunidade de receber a Semana Nacional. “O Sistema Fiemt é a instituição responsável por defender os interesses da indústria e fomentar o crescimento sustentável do setor no Estado. Para isso, sabemos que tanto a tecnologia quanto a inovação são pontos imprescindíveis que devem estar presentes em todas as empresas”.

A secretária de Estado de Educação (Seduc), Marioneide Kliemaschewsk disse que a Semana é um importante passo para o desenvolvimento da educação no estado. “Investir em ciência, tecnologia e inovação é investir no futuro”, destacou.

O evento tem como correalizadora a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) e o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).





Editorias