Pular para o conteúdo
Voltar

Carreta percorre Estado levando experimentos científicos

Projeto da Seciteci é destaque do programa Conectados desta semana
Soraya Medeiros | Seciteci

Estudantes aproveitam para colocar em prática o que aprendem em sala de aula - Foto por: Soraya Medeiros
Estudantes aproveitam para colocar em prática o que aprendem em sala de aula
A | A

O MT Ciências – Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso é um projeto da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) que percorre os municípios do Estado levando equipamentos científicos em uma carreta com baú adaptado. O Circuito Itinerante foi o destaque dessa semana do programa ‘Conectados’, produzido pela Seciteci.

De acordo com o governador do estado, Mauro Mendes, o projeto é uma grande oportunidade para ampliar o conhecimento dos estudantes mato-grossenses. “A carreta do ‘MT Ciências’ pode inspirar, trazer criatividade e conhecimento aos alunos, já que dispõe de diversos recursos e equipamentos tecnológicos sofisticados. É uma experiência muito bacana, principalmente para crianças e adolescentes”, afirmou.

Um dos destaques da carreta é o gerador de Van De Graaff, que arrepia os fios do cabelo dos visitantes, em função da energia eletrostática. Outro experimento que desperta a curiosidade dos visitantes é a bicicleta que funciona com um gerador acoplado à roda que é movimentada pelos pedais e transforma energia mecânica em energia elétrica.

Para a aluna Ana Luiza da Silva, a bicicleta foi a novidade que mais chamou a sua atenção. “Hoje em dia se gasta muito energia e as pessoas não se preocupam em economizar. A gente só usa e não se preocupa com a conta de luz. Então se existissem mais bicicletas assim, usaríamos a energia natural e não a elétrica”, enfatizou ela.

Já o estudante Maik Renan Cavanha ficou fã da energia cinética. “Gostei quando mostrou a natureza, os bichos, mas gostei mesmo da energia cinética. Dentro da sala de aula não dá para termos ideia de como as coisas funcionam. E na prática é bem mais legal, poder acompanhar, tocar, é muito interessante”, contou animado.

Segundo o professor da Unemat, Alexandre Faleiros, a carreta proporciona experiências que os estudantes não têm oportunidade de vivenciar no dia a dia. “Isso é muito importante para incentivar o gosto pela ciência, a vontade de estudar, de aprender. E não somente para os alunos, mas para todo cidadão, pois gera um diferencial para o conhecimento”.

Em todo o país, existe somente outro estado que possui unidades móveis no mesmo padrão da carreta ‘MT Ciências’: Minas Gerais.  Entretanto, a de Mato Grosso é a maior e mais bem equipada. Além dos recursos internos, existem vários atrativos na área externa do circuito. Um deles é o planetário digital, que proporciona aos visitantes uma imersão por meio dos vídeos projetados em 360º que abordam assuntos de astronomia.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato, falou sobre o novo formato de atendimento às cidades mato-grossenses. “Nosso maior objetivo é popularizar a ciência no estado e, por meio de um termo de cooperação com os municípios, conseguimos avançar muito nesse projeto para levar conhecimento para alunos, professores e comunidade”, concluiu.

Programa

O ‘Conectados’, que está sendo produzido pela Seciteci desde o mês de junho, tem como objetivo divulgar ações relacionadas às áreas de ciência, tecnologia e inovação. Em suas edições, o programa trata de temas relevantes para a sociedade, que vão desde empreendedorismo e cases de sucesso, até as novidades tecnológicas mais recentes. Para ter acesso a todos os programas, acesse o canal do YouTube da Secretaria: https://www.youtube.com/channel/UCZASKdvkdZbfkAoCRbUafwg.







Editorias