Pular para o conteúdo
Voltar

Nilton Borgato assume comando da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso

O secretário destaca que, neste primeiro momento, a nova equipe está conhecendo todas as ações realizadas dentro da Secretaria para entender as potencialidades e necessidades a curto, médio e longo prazo.
Soraya Medeiros | Secitec

Superintendência de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação apresenta os trabalhos para o novo secretário - Foto por: Soraya Medeiros
Superintendência de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação apresenta os trabalhos para o novo secretário
A | A

Nilton Borgato é o novo secretário da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, ele assumiu a pasta no dia dois de janeiro. 

Com a missão de continuar os trabalhos desenvolvidos pela Secitec e avançar nas ações de estímulo e fomento à ciência, tecnologia e inovação, o novo secretário afirmou que pretende “dar continuidade aos projetos da secretaria, com o objetivo de popularizar a Ciência, motivando os jovens e avançando no serviço à população”.

Borgato destaca que, neste primeiro momento, a nova equipe está conhecendo todas as ações realizadas dentro da Secretaria para entender as potencialidades e necessidades a curto, médio e longo prazo. A partir deste diagnóstico, será possível dar continuidade aos projetos.

“Temos dez Escolas Técnicas em operação e oito novas unidades sendo construídas. Além disso, iremos começar a construção do Centro de Inovação do Parque Tecnológico Mato Grosso, em Várzea Grande, com ação para despertar o empreendedorismo, inovação e criação de startups no Estado”, ressaltou o secretário.

Perfil do novo secretário

Natural de Mirassol D’Oeste (MT), Nilton Borges Borgato é formado em Tecnologia em Gestão Pública pela Universidade do Paraná. É casado e tem 3 filhos. Foi secretário municipal em Porto Esperidião de 2001 a 2008, atuou como prefeito de Glória D'Oeste no período 2009 a 2016, também foi presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde de 2009 a 2012 e assessor especial da vice- governadoria, entre 2017 e 2018. 





Editorias